Seja Bem-Vindo a SB Ortoimplante

Harmonização facial: entenda tudo sobre a febre do momento

Harmonização facial

Harmonização facial: entenda tudo sobre a febre do momento

A nova febre do momento nas clínicas de estética é a harmonização facial. Vários blogs estão comparando o antes e o depois dos famosos que passaram por esse procedimento e o resultado deixou muita gente de boca aberta. A mudança é tão grande que chega a ser inacreditável — como é o recente caso da Gretchen.

Muitas pessoas estão loucas para fazer a famosa harmonização facial, mas sequer sabem do que se trata, qual é o profissional que realiza esse procedimento, quando ele é indicado ou quais são as etapas da harmonização.

Se você quer dar um “up” na sua aparência e autoestima, então continue com a leitura. Neste texto explicaremos tudo sobre esse novo procedimento estético!

O que é a harmonização facial?

A harmonização facial (que também pode ser chamada de harmonização orofacial) consiste em um conjunto de procedimentos estéticos que visam a avaliar e melhorar a estética do rosto de cada paciente, enaltecendo seus pontos positivos e corrigindo suas imperfeições.

A vantagem é que ela não promove uma transformação. Você já deve ter conhecido pessoas que passaram por cirurgias plásticas, mudaram completamente o rosto e ficaram irreconhecíveis, certo? Essa não é a intenção da harmonização.

O objetivo desse novo procedimento estético é parecer o mais natural possível, respeitando sempre os traços e a beleza do paciente. Sabe quando você usa um filtro do Instagram e se acha mais bonito? A harmonização é exatamente assim, ela cria uma versão melhorada do seu rosto.

Você deve estar se perguntando por que a harmonização consiste em uma série de procedimentos estéticos combinados. Bom, com certeza, você já deve ter se deparado com uma pessoa que fez preenchimento labial e ficou com uma boca perfeita, por outro lado, o seu sorriso permaneceu torto e amarelado.

Nesse contexto, o objetivo principal da harmonização é criar o equilíbrio de toda a face em vez de melhorar apenas um ponto isoladamente. É exatamente por isso que a harmonização é a combinação de vários procedimentos e tratamentos, para melhorar a estética facial como um todo e promover o rejuvenescimento.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Quais as mudanças obtidas com a harmonização facial?

A harmonização varia de acordo com cada paciente, afinal, cada pessoa tem sua própria fisionomia. As imperfeições e os traços mudam de caso para caso, por isso toda harmonização deve ser planejada especialmente para cada paciente. Por isso, a primeira coisa a se fazer é a análise da face e do sorriso.

A partir dessa análise geral é possível detectar imperfeições ou problemas de simetria e flacidez e, em seguida, o médico ou dentista decidirá quais são os melhores procedimentos estéticos para tratar o que foi detectado.

Vale ressaltar que somente o médico decide quais procedimentos serão utilizados durante a harmonização, porque é ele a pessoa adequada para decidir o que é e não é valido para o seu caso. É claro que há um consenso entre as indicações do médico e as exigências do paciente, mas não pense que o profissional seguirá os seus comandos.

É difícil listar quais mudanças podem ser obtidas com a harmonização porque existe uma extensa quantidade de problemas que podem ser resolvidos. As correções mais comuns feitas dentro das clínicas de estética são: rejuvenescimento da pele, suavização de linhas de expressão ou rugas, tratamentos dentários e preenchimentos faciais.

O lado bom da harmonização facial é que o paciente consegue obter grandes resultados com o tratamento sem passar por cirurgias ou procedimentos muito invasivos. Como os procedimentos feitos durante a harmonização são mais simples e menos dolorosos, a recuperação também é mais rápida.

Qual a relação da harmonização facial com a odontologia?

Você deve ter percebido que ao longo do texto mencionamos algumas vezes os dentes como alvo da harmonização facial e também dissemos que um dentista pode realizar o procedimento.

Algumas pessoas acham estranho e até têm medo de realizar um procedimento estético com o cirurgião dentista, mas, segundo a resolução do CFO 176/2016, dentistas podem sim realizar procedimento estético em sua área de atuação, que é delimitada pelo osso hioide e inicio do couro cabeludo..

A estética, portanto, passou a ser reconhecida como área multiprofissional, o que significa que os dentistas capacitados no ramo da estética podem realizar a harmonização facial, na qualidade de profissional da saúde. Sendo assim, hoje em dia, os profissionais da odontologia, dermatologia e cirurgia plástica são habilitados a realizar procedimentos estéticos.

A harmonização facial também passou a ser feita pelos dentistas porque se enxergou a necessidade de considerar os tratamentos dentários como parte dos procedimentos estéticos e vice-versa. Afinal, do que adianta ter o sorriso harmônico e alinhado se o restante do rosto não aparenta juventude? E o contrário também é verdadeiro.

Vale lembrar que não são todas as técnicas dentro do ramo da estética que podem ser realizadas pelo dentista. Conheça agora os procedimentos estéticos que podem ser feitos por esse profissional e que compõem a harmonização facial:

Fios de dermosustentação PDO

O processo de envelhecimento da pele se caracteriza pela perda de colágeno e elastina. A verdade é que com o passar do tempo nosso corpo começa a consumir essas substâncias mais do que produz e, por isso, os tecidos ficam flácidos.

Surgem as rugas, a papada, os pés de galinha, as marcas de expressão e o bigode chinês, as sobrancelhas caem e a parte malar perde volume. A aplicação dos fios de sustentação é feita para corrigir todos esses problemas, uma vez que eles repuxam o excesso de pele e estimulam a produção de colágeno.

Powered by Rock Convert

Os fios são inseridos na camada subcutânea da pele com uma agulha de mesmo tamanho das que são usadas em outros procedimentos. Em regiões com excesso de pele, o profissional aplica um fio de polidioxanona, PDO, com garras em sua extensão e, em seguida, puxa o fio para tracionar a pele e moldar o rosto.

Os fios de PDO LISOS  não possuem essas garras, são mais finos e servem para estimular a produção de colágeno na área aplicada. O médico aplica anestesia local para evitar que o paciente sinta qualquer dor durante o procedimento, que é bem simples e rápido.

Os fios causam ondulações apenas nos primeiros dias, mas logo os tecidos se acomodam e o resultado fica supernatural, não dá nem para notar os furos em que foram feitas as aplicações.

O número de fios aplicados na face depende da necessidade de cada paciente. Geralmente são aplicados 20 fios lisos e 8 espiculados. Os fios demoram cerca de um mês para se acomodarem por completo nos tecidos e o resultado dura em torno de 18 à 24  meses.

Ácido hialurônico

O ácido hialurônico é usado na estética para preencher as partes do rosto que tiveram a musculatura ou a parte adiposa comprometidas com o passar do tempo. Muitas pessoas fazem o uso desse ácido para aumentar os lábios, mas ele também pode ser usado para:

  • preenchimento orbitário inferior, ou tratamento de olheiras;
  • biomodelação nasal, que disfarça ossos salientes que dão ao nariz a impressão de torto;
  • biomodelação malar (também conhecido como maçã do rosto), corrigindo a depressão formada pela proeminência do maxilar e da mandíbula;
  • correção do bigode chinês, que são rugas que se localizam ao redor da boca;
  • correção de sulcos nasolabiais, que também são conhecidos como marcas de marionete — são as linhas que descem no canto da boca até o queixo;
  • redução de marcas de expressão decorrentes da flacidez muscular;
  • desenvolvimento do contorno da face, deixando a pele mais hidratada.

Toxina botulínica

O famoso botox também é um procedimento usado na harmonização facial. Para quem não conhece, ele é uma toxina que paralisa os músculos. Usado em pequenas quantidades nos procedimentos estéticos, é capaz de suavizar marcas de expressão. O produto age no corpo de 3 até 6 meses.

O botox é comumente usado para suavizar as marcas de expressão na testa e os famosos pés de galinha, mas também pode ser aplicado para:

  • amenizar as bunny lines, também conhecidas como nariz de coelho (as rugas que se formam no nariz);
  • levantar sobrancelhas caídas;
  • impedir que os lábios se abram muito ao sorrir, corrigindo, assim, o sorriso gengival (quando a pessoa mostra muito a gengiva ao sorrir);
  • suavizar cefaleias de origem primária (enxaquecas e dores de cabeça tensionais);
  • corrigir o sorriso invertido, que acontece quando a curva produzida pelo contorno dos dentes não acompanha a curva do lábio inferior, formando um V ao sorrir que dá a impressão de tristeza;
  • corrigir rugas ao redor da boca, no queixo e no pescoço.

Bichectomia

A bichectomia talvez seja o procedimento mais invasivo dentro da harmonização facial, muito falado e adorado pelas pessoas vaidosas. Ele nada mais é do que uma pequena cirurgia que remove acúmulos de gordura que ficam por dentro da bochecha.

Com a retirada dessa gordura, a pessoa fica com o rosto mais fino e magro. Mas não pense que a bichectomia foi criada apenas para questões estéticas. Algumas pessoas costumam morder muito a parte de dentro das bochechas ao mastigar e, por isso, precisam realizar a bichectomia.

O procedimento, como já foi dito, é cirúrgico, porém simples e rápido. Ele é feito dentro na própria clínica e com o uso de anestesia local.

Quando é necessário fazer a harmonização facial?

Antes de mais nada, devemos dizer que homens e mulheres em todas as idades podem fazer o procedimento. Não existe uma idade mínima para começá-lo.

As pessoas iniciam o processo de envelhecimento logo após os 30 anos, mas os sinais só se tornam mais visíveis depois dos 45. Entretanto, você não precisa esperar os sinais de amadurecimento se acentuarem para começar a cuidar da aparência. Muitas pessoas jovens estão fazendo a harmonização facial não para parecerem mais jovens, mas para terem um rosto mais equilibrado e belo.

Sendo assim, não há um momento específico em que seja necessário fazer a harmonização facial. Se a pessoa está insatisfeita com a sua aparência (seja por causa do envelhecimento ou por motivos pessoais), ela deve recorrer à harmonização.

É interessante esclarecer aqui que todos os procedimentos citados acima (menos a bichectomia) são reversíveis, ou seja, os efeitos passarão com o tempo. Isso é um ponto positivo para quem fez algum procedimento e não ficou satisfeito com o resultado, mas é um alerta para quem gostou da mudança. Se você ficou satisfeito com a harmonização, lembre-se sempre de renovar os procedimentos para continuar com o rosto em equilíbrio.

Como encontrar uma clínica de qualidade?

Com a popularidade que os procedimentos estéticos estão ganhando ultimamente, muitos profissionais novos na área surgiram e, consequentemente, muitas clínicas abriram as portas. Diante de tanta opção, os pacientes ficam confusos e não sabem ao certo como fazer o processo de seleção da clínica e do profissional ideal.

O primeiro passo para achar uma boa clínica é realmente visitar o espaço. Repare, principalmente, na limpeza e na organização do lugar. Profissionais da saúde têm a obrigação de trabalhar em um ambiente limpo, por isso não espere menos do que uma clínica impecável.

Em segundo lugar, não tenha vergonha de bater um papo sem compromisso com o profissional — você precisa conhecer a pessoa que vai cuidar da sua beleza e da sua saúde. E o mais importante: não tenha vergonha de olhar os diplomas e certificados do médico ou dentista, porque essas são as maiores provas que você pode usar para comprovar a capacidade desse profissional.

Por fim, a melhor forma de descobrir se uma clínica ou um profissional são realmente bons é perguntando a opinião das pessoas que já passaram pelos cuidados dessas pessoas. Se os antigos clientes dessa clínica ficaram satisfeitos com o atendimento, significa que você pode dar o seu voto de confiança. A melhor propaganda é sempre o boca-a-boca.

Cuidar da aparência é importante e ter a autoestima lá em cima também é um sinal de bem-estar. Então, não se acanhe: se você não está satisfeito com a sua aparência, procure uma clínica e faça a harmonização facial. Lembre-se de que não tem problema se você se arrepender, porque os procedimentos são reversíveis. O que não vale é ficar insatisfeito sem tentar mudar!

Ficou interessado em fazer a harmonização facial? Está à procura de um profissional qualificado? Então entre em contato conosco e conheça um pouco mais sobre o nosso trabalho!

Já conhece nossas redes sociais? Facebook | Istagram

Compartilhar:

Beatriz Senne de B. Novais

Beatriz Senne de B. Novais

Autora do Blog da SB ortoimplante | CRO 35323 | Reabilitação Oral - PUC RJ | Harmonização Orofacial (Membro Sbti) | Especializada em odontologia do Sono.

Comentário em "Harmonização facial: entenda tudo sobre a febre do momento"

  1. Avatar
    Luciene

    Boa noite,
    O artigo é muito interessante, mas citar a Gretchen como exemplo de harmonização facial é algo que me preocupa muito. Aquela mulher parece uma aberração.. Estava e está ridícula. Não sei se fez alguma coisa diferente, mas continua horrorosa. Se melhorou é porque estava muito pior.
    Desculpem a sinceridade, mas fazer harmonização bpapra ficar daquele jeito, não me interessa.

Leave comment

Postado em 14 de março de 2019, por beatrizbritto.