Seja Bem-Vindo a SB Ortoimplante

Como escolher o tipo de aparelho dentário ideal para você?

Como escolher o tipo de aparelho dentário ideal para você?

Antigamente, usar aparelho ortodôntico era motivo de vergonha, mas os tempos mudaram. Se você reparar bem, a maioria dos adolescentes já começa o tratamento com aparelhos desde muito cedo, e muitos adultos que não tiveram condições de cuidar dos dentes quando novos estão colocando aparelho. As pessoas começaram a se preocupar mais com a saúde de seus dentes, principalmente por motivos estéticos. Afinal, quais são os tipos de aparelho dentário disponíveis no mercado?

Cada aparelho tem suas recomendações e sua forma de manutenção. Se você não gosta do aparelho fixo (aquele com várias amarrações de fios de ferro), pode ser que algum outro resolva o seu problema.

Quer saber mais sobre os aparelhos dentários? Então, continue a leitura!

Como saber qual é o melhor tipo de aparelho para o meu caso?

Algumas pessoas acham bonito usar o aparelho fixo e, por isso, querem de todas as formas colocá-lo, mas um aparelho colocado sem necessidade pode trazer danos irreversíveis para a boca. O melhor a fazer é procurar a ajuda de um dentista especializado nessa área. Aliás, você sabia que não são todos os dentistas que podem colocar aparelhos dentários?

Apenas os ortodontistas são capazes de estudar cada caso, recomendar e realizar esse tipo de intervenção. Então, ao procurar um dentista para cuidar do seu caso, certifique-se de que ele é especializado nessa área. Talvez o seu dentista de confiança não seja ortodontista, mas ele pode indicar um bom companheiro de profissão para cuidar dos seus dentes.

Vale lembrar que você deve escutar a opinião de mais de um dentista antes de colocar o aparelho.

Quais os tipos de aparelho dentário disponíveis no mercado?

Existe uma grande variedade de opções de aparelhos para que todos os casos possam ser tratados e também para que o gosto do paciente seja atendido. Conheça agora alguns tipos de aparelho existentes no mercado:

1. Aparelho fixo

Esse é o famoso aparelho que deixa as pessoas com o sorriso metálico. Ele é conhecido por esse nome porque as pequenas peças que são colocadas individualmente em cada dente (os bráquetes) são colados com resina.

Esses bráquetes ficam interligados por um fio metálico chamado de arco ortodôntico. Quanto mais apertado esse arco estiver, maior será a pressão feita sobre os bráquetes que se moverão junto aos dentes. Dependendo da posição dos bráquetes e da pressão exercida pelo arco, o dentista consegue reposicionar os dentes do paciente de acordo com a sua vontade.

Não há um tempo estimado para a retirada do aparelho. Tudo depende do caso do paciente, mas esse tratamento em geral é de longo prazo, principalmente para os adultos, que têm os ossos mais rijos que os adolescentes.

Além do modelo metálico, que vem acompanhado das borrachinhas, também existem os modelos:

  • “invisível”, que visa deixar os bráquetes mais discretos; 
  • lingual, cujos bráquetes ficam na parte interna dos dentes;
  • autoligado, que é bem parecido com o modelo padrão do aparelho fixo, mas cuja tecnologia de bráquetes metálicos causa menos dor e é mais eficiente.

2. Aparelho palatino

Os casos que precisam ser tratados com o aparelho palatino são poucos, por isso ele é tão desconhecido. A função do aparelho palatino é corrigir a mordida quando a parte de cima da boca é maior que a parte inferior. Quem usa esse aparelho terá o céu da boca alargado gradativamente.

3. Aparelho móvel

O aparelho móvel pode ser usado em vários casos distintos. Podemos citar as crianças que desde muito pequenas usam esse tipo de aparelho. Nesse caso, ele não serve para corrigir a posição dos dentes — o aparelho móvel vai manter a posição atual e ampliar o espaçamento natural entre os dentes da criança para que os dentes permanentes tenham espaço para crescer.

Ele também pode ser usado para corrigir problemas na fala e na mastigação dos pequenos.

Outro caso de uso do aparelho móvel é quando a pessoa termina o tratamento com o aparelho fixo. Então, o móvel é usado para manter os dentes alinhados. Caso o aparelho móvel não seja usado corretamente logo em seguida, os dentes podem voltar à sua posição original.

4. Aparelho invisível ou Invisalign

Se o seu caso não é tão sério e você só deseja dar uma alinhada nos dentes, o Invisalign é a opção mais fácil e mais discreta.

Trata-se de uma placa que é colocada sobre os dentes, com a função de fazer pequenas alterações no posicionamento dentário. A placa será trocada várias vezes durante o tratamento e, assim, os dentes serão reposicionados aos poucos. O lado bom do Invisalign é que a placa é superdiscreta e removível.

5. Aparelho extrabucal

Talvez seja o aparelho mais desconfortável e menos agradável aos olhos. Popularmente conhecido como “freio de burro”, esse tipo de aparelho faz correções mais severas na mordida do paciente, principalmente quando é necessário conter o crescimento da arcada superior.

O aparelho extrabucal, geralmente, é usado antes do aparelho fixo, mas o lado bom é que o seu tempo de uso não chega a durar anos.

O que acontece após a retirada do aparelho?

Ao retirar o aparelho, você vai notar que o seu tratamento ainda não acabou. Como já afirmamos, quem usa aparelho fixo precisa usar o móvel logo em seguida para manter o alinhamento. Até mesmo quando o paciente usa outros tipos de aparelho, após a sua retirada é preciso colocar, pelo menos, uma contenção dentária para que os dentes não voltem a ficar tortos.

É bom avisar com antecedência: você vai estranhar o seu novo sorriso, mas não se preocupe, isso é supernormal. Você estava acostumado com seus dentes desalinhados e depois passou anos com dispositivos metálicos grudados nos seus dentes. É normal que, após acabar o tratamento, você estranhe o seu novo sorriso.

Também não se assuste caso os seus dentes fiquem manchados, o que acontece porque as partes cobertas pelos bráquetes não ficam expostas à sujeira. Logo, elas ficarão mais brancas, mas isso pode ser facilmente corrigido com a ajuda de um dentista.

Agora, que você já conhece alguns tipos de aparelho dentário e sabe quando eles devem ser usados, basta consultar um dentista e colocar a mão na massa. O tratamento com aparelhos dentários pode ser demorado e doloroso, mas o resultado vale a pena!

Gostou do conteúdo? Você tem interesse em colocar algum dos aparelhos citados aqui? Então, entre em contato com a SB Ortoimplante e conheça um pouco mais sobre o nosso trabalho.

Compartilhar:

Comentário em "Como escolher o tipo de aparelho dentário ideal para você?"

  1. […] vários fatores que podem desencadear a inflamação das gengivas, como aparelhos e dentaduras pouco higienizados, dentes desalinhados e até mesmo o uso de medicamentos como […]

Leave comment