Seja Bem-Vindo a SB Ortoimplante

Como funciona o tratamento ortomolecular?

medicina ortomolecular

Como funciona o tratamento ortomolecular?

A medicina ortomolecular surgiu na década de 1950 e tem conquistado cada vez mais adeptos com o passar do tempo. O objetivo principal do tratamento é equilibrar e restabelecer o nível de nutrientes no organismo, resultando em benefícios para a saúde física e mental paciente.

Indicada para qualquer idade, a medicina ortomolecular auxilia jovens, idosos ou crianças na busca por um estilo de vida mais saudável e na prevenção de doenças.  Com essa terapia, os pacientes fazem reposição de vitaminas e minerais do organismo, além de eliminar os radicais livres, responsáveis por causar o envelhecimento das células do corpo. O tratamento é feito por meio de substâncias naturais, reeducação alimentar e uso de suplementos.

Para conseguir bons resultados, é fundamental seguir as orientações do especialista, mudar hábitos não-saudáveis e seguir uma dieta equilibrada. É recomendado, por exemplo, tirar do cardápio alimentos calóricos ou gordurosos e substituir por opções mais naturais. Além de escolher os itens certos, é importante ingerir a quantidade adequada de cada alimento.

A dieta seguida durante o tratamento ortomolecular engloba alimentos frescos, orgânicos, integrais e com poucas calorias. Os médicos podem receitar o uso de vitaminas, alimentos fitoterápicos e aminoácidos. Como essa modalidade busca estimular o paciente a ter uma vida mais saudável, o uso de bebida alcoólica, cigarro ou outros agentes químicos deve ser banido.

O médico também vai sugerir mudanças na rotina. Isso implica em fazer atividade física regularmente, ter noites tranquilas de sono, fazer exames periódicos etc. A ideia é que esse conjunto de hábitos, aliado a uma alimentação equilibrada, traga benefícios para a saúde, previna doenças e proporcione o bem-estar geral do indivíduo.  

A medicina ortomolecular é uma prática que leva a sério a saúde dos pacientes. Geralmente, as consultas são bem detalhistas para que o profissional investigue todos os fatores que devem ser mudados na vida da pessoa. O profissional pode solicitar exames laboratoriais e outros procedimentos a fim de identificar as principais carências nutricionais do organismo.  Não existe um tratamento padrão. Cada caso será analisado de forma individual.

 

Quais são os fundamentos da medicina ortomolecular?

Assim como acontece em qualquer área da saúde, a medicina ortomolecular também é guiada por fundamentos e princípios. Resumidamente, podemos dizer que essa ela engloba os seguintes aspectos:

1- Bioquímica Celular e Molecular – Tem o objetivo de estudar e analisar as substâncias presentes no organismo de cada pessoa e as reações químicas relacionadas a cada substância.

2- Fisiologia humana – Tem o objetivo de estudar o funcionamento do corpo, dos órgãos, dos sistemas e como é a relação entre cada um deles.

3- Fisiopatologia Humana – Tem o objetivo de estudar o desenvolvimento das doenças no corpo.

Powered by Rock Convert

4- Nutrição Celular – Tem como objetivo estudar e identificar as substâncias necessárias para o bom funcionamento do corpo humano.

 

Além de analisar todos esses itens, a medicina ortomolecular leva em conta as particularidades de cada paciente e as condições ambientais em que ele está inserido. O médico também avalia o estilo de vida e o histórico familiar para indicar os tratamentos e nutrientes essenciais.

 

Quais resultados obtidos com o tratamento ortomolecular?

Como já foi falado acima, o tratamento ortomolecular possui como função prevenir doenças e tratar enfermidades já existentes. Isso porque ela entende que as disfunções do corpo aparecem quando há um desequilíbrio em seus componentes.

Com a correia de dia a dia e com o estilo de vida moderno, muita gente não percebe que fatores externos prejudicam (e muito) a saúde e contribuem para o aumento de doenças graves. Problemas como poluição, cigarro, álcool, obesidade, estresse e sedentarismo são responsáveis pela produção de radicais livres no corpo e destruição das células. Tudo isso contribui para aumento de peso, insônia, fadiga, oscilação de memória, depressão etc.

Esse desequilíbrio pode ser revertido com o auxílio da medicina ortomolecular, que trabalha em todos os aspectos do estilo de vida do paciente.   

 

Benefícios da medicina molecular

A medicina ortomolecular beneficia homens e mulheres de diferentes idades. Ela é muito procurada por pessoas em busca de uma vida melhor ou por quem quer ter um emagrecimento saudável.

Muito além do que ajudar na redução de peso, essa especialidade ajuda no rendimento metabólico, no fortalecimento da imunidade, na retenção de líquidos, nos sintomas da TPM. Entre as vantagens, há ainda uma melhora na qualidade de vida. Muitas pessoas relatam benefícios positivos em casos de ansiedade, depressão, dores em geral, pressão alta, problemas do coração ou respiratórios e distúrbios digestivos.  

Vale a pena marcar uma consulta e entender melhor sobre a medicina ortomolecular!

Gostou do texto? Você tem interesse em ler mais conteúdo desse tipo? Então, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

Compartilhar:

Beatriz Senne de B. Novais

Beatriz Senne de B. Novais

Autora do Blog da SB ortoimplante | CRO 35323 | Reabilitação Oral - PUC RJ | Harmonização Orofacial (Membro Sbti) | Especializada em odontologia do Sono.

Comentário em "Como funciona o tratamento ortomolecular?"

  1. […] Você já deve ter notado que a preocupação com a saúde do corpo está em alta. Por esta razão, cresce cada vez mais a procura por hábitos de vida saudáveis, que eliminam os excessos e buscam o equilíbrio no cotidiano. Na alimentação não é diferente. Embora seja prático, rápido e barato o consumo de comida industrializada, essa ação está longe de ser o caminho correto para quem não quer correr riscos no futuro. Afinal, as atitudes do hoje é que vão garantir um futuro sem preocupações com doenças e outras enfermidades típicas do mundo corrido e globalizado. Dentre estas tendências está a dieta ortomolecular. […]

Leave comment

Postado em 7 de novembro de 2018, por beatrizbritto.