Seja Bem-Vindo a SB Ortoimplante

Saiba como funcionam os bioestimuladores na harmonização facial

bioestimuladores

Saiba como funcionam os bioestimuladores na harmonização facial

A odontologia moderna não se resume mais a apenas cuidar da beleza e da saúde dos dentes e da boca. Nos últimos anos, a especialidade passou a oferecer diversos procedimentos que têm impacto direto na estética, contribuindo para a autoestima dos pacientes. As técnicas de harmonização facial são cada vez mais procuradas por pessoas que desejam melhorar sua aparência sem recorrer a métodos extremos, como as cirurgias.

Entre os procedimentos disponíveis para essa finalidade, os bioestimuladores já começam a fazer sucesso no Brasil: além de oferecer bons resultados, se trata de um método pouco invasivo e quase sem efeitos colaterais. Porém, é fundamental contar com profissionais qualificados para aplicar a técnica sem causar danos à aparência ou à saúde.

Quer saber mais sobre essa tendência que pode ajudar no combate ao envelhecimento precoce e promover o rejuvenescimento facial? Acompanhe para conhecer os benefícios e indicações dos bioestimuladores.

O que são bioestimuladores?

Os bioestimuladores são substâncias que pertencem a uma categoria diferenciada de preenchedores, uma vez que seu efeito acontece de dentro para fora. Injetados na pele, eles são capazes de estimular a produção natural de colágeno pelo organismo.

Dessa forma, é possível observar um rejuvenescimento progressivo, trazendo mais firmeza e viço à pele. O resultado é natural, sem o efeito exagerado que outros procedimentos podem causar, e por isso é uma das técnicas mais procuradas por quem deseja frear o envelhecimento e manter o rosto jovem e bem cuidado.

Os bioestimuladores funcionam da seguinte maneira: após a aplicação, a substância causa uma reação inflamatória leve na pele (quase imperceptível), ativando as células responsáveis pela produção do colágeno, que por sua vez produzem as fibras que dão sustentação à cútis. Em muitos casos, os bioestimuladores podem substituir os preenchedores tradicionais usados na harmonização facial.

O procedimento para aplicação é simples e pode ser feito em consultório: é utilizada uma micro cânula para inserir o elemento em pontos específicos do rosto. A perícia do profissional é fundamental para evitar equimoses e inchaços na pele, mas não é necessário repouso após a aplicação. Para a maioria dos casos, basta evitar esforço físico por 1 ou 2 dias e se manter longe de piscinas e saunas para diminuir os riscos de contaminação.

Os resultados variam de acordo com as características de cada paciente — idade, tipo de pele, genética e estilo de vida podem interferir na capacidade de produção de colágeno. Porém, os efeitos dos bioestimuladores a médio prazo agradam os usuários da técnica — o estímulo costuma durar por mais de 1 ano.

Qual é a função dos bioestimuladores na harmonização facial?

O principal objetivo da harmonização facial na odontologia é melhorar a estética do rosto, corrigindo imperfeições e ressaltando os pontos positivos de cada paciente. Porém, a perda de colágeno é um problema que interfere diretamente nos resultados dos procedimentos, uma vez que a pele perde elasticidade e começa a apresentar flacidez, rugas e marcas de expressão.

As técnicas mais tradicionais, que envolvem preenchimento das áreas mais afetadas, servem como um paliativo para os danos causados pelo envelhecimento. Já o uso de bioestimuladores resolve a causa do problema, estimulando a produção de colágeno de forma natural pelo organismo.

Dessa forma, os bioestimuladores são um recurso valioso para a harmonização facial, tanto usados individualmente quanto combinados com outros procedimentos da área.

Quais os benefícios dos bioestimuladores?

Os tratamentos de harmonização facial que utilizam bioestimuladores trazem resultados a curto, médio e longo prazo, de acordo com as técnicas e procedimentos utilizados. Algumas pessoas já começam a notar melhoras significativas na aparência da pele após duas a três semanas da primeira aplicação, e os efeitos podem durar por até 18 meses.

Powered by Rock Convert

Entre seus principais benefícios, estão:

  • hidratação profunda do tecido cutâneo;
  • diminuição de rugas e linhas de expressão;
  • aumento da elasticidade da pele;
  • suavização de linhas finas e sulcos;
  • melhora no aspecto geral da pele.

Os bioestimuladores são utilizados com maior frequência durante a harmonização facial, mas também podem ser aplicados em outras regiões do corpo, como mãos, braços, coxas, abdômen, glúteos e tórax, ou fazer parte do tratamento contra celulite. Os bioestimuladores são completamente absorvidos pelo organismo, por isso são considerados seguros e não oferecem riscos à saúde.

Quais são os principais tipos de bioestimuladores?

Assim como outras substâncias utilizadas na harmonização orofacial, existem algumas variedades de bioestimuladores que podem ser aplicadas para estimular a produção de colágeno. Veja abaixo os mais utilizados.

Microesferas de hidroxiapatita de cálcio (Radiesse)

A grande vantagem do Radiesse é a rapidez de resultados: com apenas 1 aplicação já é possível notar uma melhora significativa na aparência da pele. Indicado principalmente para aumentar o volume nas bochechas, definir a mandíbula e o queixo e suavizar as marcas de expressão, o produto contribui para a recuperação da firmeza e elasticidade da pele.

A aplicação do gel é praticamente indolor, e quando utilizada de forma adequada, promove a reconstrução das camadas da derme, com efeitos que duram até 5 anos.

Microesferas de policaprolactona (Ellansé)

Assim como o Radiesse, o Ellansé se apresenta em formato de um gel à base de água, que deve ser usado como preenchedor facial em áreas específicas do rosto. Além de preencher rugas e sulcos mais profundos da pele, o produto estimula a produção de colágeno tipo 1, responsável pela formação de fibras que estruturam os tecidos.

Os efeitos são praticamente imediatos: a pele obtém uma textura saudável, mais firme e com brilho natural. Para resultados mais expressivos, é possível combinar o Ellansé com outras técnicas de harmonização facial.

Ácido poli-L-Lático injetável (Sculptra)

Indicado para tratar a flacidez facial e corporal e a perda de gordura facial, o Sculptra promove um espessamento gradual da pele, causado pelo aumento da produção de colágeno.

Como o efeito é progressivo, o resultado é natural e segue os contornos do rosto do paciente, sem provocar mudanças drásticas nas feições. A composição do Sculptra é biocompatível, por isso o risco de reações alérgicas e formação de granulomas é mínimo.

Após a aplicação, o profissional deve massagear as áreas tratadas para distribuir o produto nas camadas mais profundas da pele. O número de sessões varia, mas a maior parte dos pacientes obtém resultados satisfatórios após 3 aplicações, com intervalo de 4 a 6 semanas entre elas.

Os bioestimuladores representam uma solução segura e com resultados duradouros, mas devem ser utilizados dentro de um plano de harmonização facial promovido por um profissional especializado. Com os cuidados necessários, é possível realizar o tratamento sem reações adversas, mantendo a pele saudável e bonita por muito mais tempo.

Quer ficar por dentro de todas as novidades e tendências do mercado? Assine a nossa newsletter e não perca nenhuma atualização!

Compartilhar:

Beatriz Senne de B. Novais

Beatriz Senne de B. Novais

Autora do Blog da SB ortoimplante | CRO 35323 | Reabilitação Oral - PUC RJ | Harmonização Orofacial (Membro Sbti) | Especializada em odontologia do Sono.

Leave comment

Postado em 10 de junho de 2019, por beatrizbritto.